sexta-feira, 29 de abril de 2011

Uma ajudinha do sutiã


É um fato que a mulher brasileira é um pouco desprovida de fartura nos seios.
Com a epidemia de cirurgia plástica, isso tem mudado um pouco. Mas quantas brasileiras por aí não gostariam que seus seios fossem um pouco maiores mas não desejam passar por uma cirurgia, ou até gostariam, mas ainda estão juntando o $$$ para tal?
Os nossos sutiãs são feitos com o bojo bolha nos tamanhos P e M exatamente pensando nessas mulheres. Eles são confortáveis, e devido à sua anatomia, eles dão apenas uma pequena "ajuda" aumentando um pouco o volume dos seios, mas principalmente por causarem o efeito "push up". O resultado são seios mais juntos, dando um belo decote, com um efeito de seios um pouco maiores mas de maneira natural.
E para facilitar mais ainda, todos os nossos sutiãs básicos possuem alças removíveis que permitem ser adaptados a diversos tipos de blusas, e também temos o modelo nadador para ser usado com blusa regata.

Experimente e comprove você também! Aposto que não irá querer usar outro tipo de sutiã.



quarta-feira, 27 de abril de 2011

Síndrome do Ovário Policístico


A Síndrome do Ovário Policístico (SOP) é uma condição que afeta 5 a 10% das mulheres, de origem não muito bem esclarecida e causa irregularidades mentruais e níveis elevados de androgênio (hormônio masculino). O androgênio excessivo pode causar acne e hirsutismo, que é o crescimento excessivo de pêlos terminais (aquele pêlo mais grosso) nas mulheres, em áreas anatômicas características da distribuição masculina. Algumas das mulheres com essa condição podem apresentar sobrepeso e também tem um risco mais elevado de desenvolver diabetes ou intolerância a glicose.
O maior problema dessa síndrome é a infertilidade que a acompanha, já que devido à alteração hormonal, há uma dificuldade para ocorrerem ciclos menstruais com ovulação. Assim, para mulheres com SOP que desejam engravidar, existe tratamento para ajudá-la a ovular e esses devem ser feitos idealmente antes dos 30 anos para aumentar as chances de sucesso.
Apesar de não totalmente reversível, existem inúmeros tratamentos para tentar reduzir ou minimizar os sintomas da síndrome. A maioria das mulheres consegue levar a vida sem grandes complicações.
Devido ao maior risco de apresentar obesidade e diabetes, essas mulheres têm também um maior risco de desenvolver doença cardiovascular e colesterol alto. Assim, tanto o acompanhamento com o ginecologista quanto com um clínico geral ou cardiologista são importantes.
Não há um teste específico para diagnosticar a SOP. Esse diagnóstico é feito baseado nos sintomas, em testes laboratoriais com dosagens hormonais e com a ultrassonografia mostrando ovários policísticos.
O tratamento é feito com o uso de pílulas anticoncepcionais, principalmente as com hormônio com ação anti-androgênica, para regularização dos ciclos menstruais, enquanto a mulher não desejar engravidar. Quando desejar engravidar, pode-se primeiro tentar apenas suspender a pílula, mas caso não tenha sucesso em 6 a 12 meses, deve procurar aconselhamento com o seu ginecologista para o uso de hormônio a fim de induzir a ovulação. O interessante é que a primeira estratégia para o tratamento da infertilidade é a perda de peso. Mesmo uma perda de peso modesta pode permitir o retorno da ovulação normalmente.
Assim, a perda do peso em excesso também faz parte do tratamento da SOP, e nos casos dos pacientes com diabetes, o tratamento do mesmo também.
Para o hirsutismo e para a acne, a estratégia são os tratamentos estéticos.
O importante é saber que a SOP está relacionada também a outros problemas de saúde que colocam em risco a saúde e o bem-estar da mulher, por isso, mesmo que seus sintomas sejam poucos e insignificantes, as mulheres com SOP precisam ter um acompanhamento médico regular.

Fonte: Up To Date 

sexta-feira, 22 de abril de 2011

MODELOS GG



As gordinhas também podem ser sensuais, e não se engane, elas são lindas!
As únicas coisas que podem atrapalhá-las são a sua própria auto-estima e a dificuldade em achar roupas no seu tamanho.
Já podemos encontrar muitas modelos GG por aí, e muito sites que ajudam a trabalhar a sua auto-estima. Pensando nisso, as nossas lingeries vão até o tamanho GG (46)! Por que nós acreditamos na sua sensualidade, agora só falta você!
Inspire-se e liberte-se de qualquer preconceito.

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Dicas para escolher o sutiã certo para o seu corpo


Comprar o sutiã certo para o seu corpo pode ser um desafio, mas é uma tarefa importante para o seu bem-estar e saúde.

Encontrei um vídeo super legal sobre como escolher o sutiã perfeito, da TV UOL, e essas dicas no blog guineveremedicina:


video


6. O bojo não toca suavemente seus seios, mas os aperta um pouco

Isso acontece porque seus seios são muito grandes para o bojo. O sutiã acaba “se acomodando” nos seus seios e não nas suas costelas, onde deveria estar acomodado. E se você pode sentir o aro inferior do sutiã (acredite, para um melhor suporte, você precisa de um sutiã com aro) o mesmo problema está acontecendo. O aconselhável é procurar um número maior.

5. Seus seios ficam divididos ao meio

Se você acaba tendo quatro pequenos seios ao invés de dois, você tem um problema. Quando o bojo é muito pequeno, isso causa aquele efeito desagradável de dividir cada seio ao meio – se você usa um decote parece que está tudo “escapando” (e pode escapar mesmo) e se você usa uma blusa colada sua aparência não fica nada elegante. Se você sofre com esses sintomas, você definitivamente precisa aumentar o tamanho do sutiã. Como é difícil detectar esse efeito usando apenas o sutiã a sugestão é que, no provador da loja, você ponha uma camiseta mais justa por cima do sutiã e analise seu perfil – só não se esqueça de tirá-lo e pagarpor ele depois.

4. O bojo está enrugado / há algum espaço entre o seu seio e o bojo

Isso significa que você deve diminuir o tamanho do sutiã. Você até pode estar pensando em dar uma “levantada” no visual, com um bojo maior mas, acredite, é perceptível quando uma moça está fazendo isso, já que a camiseta fica marcada. E, pior, lembre-se que o sutiã pode descer e seu seio subir – e isso não vai ser nada legal. Se você quer aumentar o tamanho dos seios a sugestão é comprar uma peça com bojos mais cheios, mas que se ajustem ao seu seio.

3. Seu sutiã faz com que gordurinhas “subam” nas costas

Conhecido popularmente como “efeito enxúndia” – a maioria das mulheres acha que isso acontece porque o fecho do sutiã está muito pequeno, mas na verdade é o contrário. Quando eles são muito largos e não “abraçam” seu corpo como deveriam, eles não ficam no lugar certo (que deve ser em linha reta ou um pouco abaixo do bojo), sobem para a parte mais gordurosa das costas e causam aquele “relevo”. Isso não só é feio esteticamente como pode machucar a mulher. Como é difícil encontrar sutiãs que sirvam perfeitamente no bojo, na alça e no fecho a dica é se concentrar no bojo na loja e depois procurar uma costureira que ajuste as outras partes. Você irá pagar um pouco mais, mas terá uma peça que se ajusta perfeitamente ao seu corpo.

2. As tiras praticamente cortam a sua pele ou então caem de seus ombros

Segundo os especialistas em lingerie as tiras do sutiã devem ser responsáveis apenas por 10% do suporte. Os outros 90% são responsabilidade do fecho e do suporte das costas. Então se você precisa apertar muito as tiras do seu sutiã significa que a parte de baixo dele é muito grande para te dar o suporte necessário. As alças também ficam muito soltas pela mesma razão (e aquele puxa-puxa começa) – então confira se elas estão ajustadas corretamente para sua altura ou o problema é o suporte mesmo.

1. Você tem mais do que dois seios – só que sob seus braços, abaixo das axilas

Se você tem esse sintoma, significa que seu sutiã é muito pequeno. O bojo é muito pequeno, o que pressiona, seu seio e faz com que ele vá um pouco para o lado. A costura do bojo divide “a região” e você ganha dois seios extras. Procure por sutiãs com taças maiores.

As moças devem visitar lojas de lingerie para conferir se estão usando o tamanho certo a cada dois anos – especialmente após uma dieta, quando estão usando anticoncepcionais (que podem fazer o corpo inchar) ou após dar à luz. Seus seios estão na altura certa se estiverem no meio ou um pouco mais altos do que a metade do caminho entre seus cotovelos e seus ombros.

Agora é só correr para a nossa loja e escolher o seu sutiã ideal!

quinta-feira, 14 de abril de 2011

VISITE NOVA FRIBURGO


Apesar da chuva que castigou a cidade, a população de Friburgo já está se reerguendo.
Realmente, muitas fábricas e casas foram destruídas pela chuva, porém muitos foram poupados e esses estão conseguindo continuar com o seu trabalho, ajudando a reconstruir a cidade. Um exemplo é o grande pólo de lingerie na Ponte da Saudade, próximo a Rodoviária, onde as lojas não foram afetadas e continuam trabalhando com o mesma energia e empenho de sempre. Apenas tem sofrido com a queda das visitas de turistas e também das excursões de sacoleiras, que erroneamente estão com a idéia de que todas as fábricas de lingerie e a cidade foram completamente destruídas.
Àqueles que estão pensando desse jeito, vai o recado: Volte à Nova Friburgo e descubra que a cidade continua a mesma, com o seu pólo de lingerie funcionando como sempre. A cidade apenas se encontra um pouco castigada, ainda não conseguiu superar todas as perdas, mas está trabalhando para isso.
O governo e a imprensa abandonaram a cidade, como sempre acontece. Após se tornar notícia velha, não mais rentável, a imprensa se retira. E sem a imprensa "fiscalizando" e denunciando, o governo também se retira. Onde o nosso governador se enfiou? E o prefeito da cidade, o que tem feito?
Cabe a nós, cidadãos, tentar espalhar esta notícia.
Visite Nova Friburgo!
A cidade continua a mesma!

segunda-feira, 11 de abril de 2011

REVENDA LINGERIE!


Muitas mulheres são revendedoras da Avon e da Natura, e conseguem lucrar muito com isso. Por que não fazer o mesmo com a lingerie?!
A liberdade de não ter um chefe e de revender o que entende, dá a liberdade para a mulher fazer algo que gosta e fazendo isso muito bem. Aproveitando o círculo de amigas e as amigas das amigas, os vizinhos do prédio e bairro, as companheiras de academia... Todo lugar é um local potencial de vendas, e só depende de você!
A venda é uma arte! E conhecer o seu produto e o seu público-alvo são muito importantes. A mulher que revende lingerie tem isso a seu favor. Se bem dominada essa arte, lucra-se muito com ela. Pode acreditar!
Acredite em você e acredite nos nossos produtos, e não irá se arrepender!
Nos procure para saber mais informações.
No atacado, fazemos preço de fábrica!
contato@gaialingerie.com

Veja também o post: Dicas de como vender lingerie